Santuário Nossa Senhora da Agonia
  •  Av. N. Sra. da Agonia, s/n – Bairro N. Senhora da Agonia - CEP 37500-970
  • Itajubá-MG - Tel: (35) 3623-2512 – E-mail: pascom@nsagonia.com.br

MIssa do Crisma – 02.04.15

Publicado em 14 de abril de 2015 \\ Galeria > Notícias

Na manhã desta Quinta feira Santa, na Catedral Metropolitana de Pouso Alegre, foi celebrada a Misa do Crisma, ou MIssa dos Santos Óleos, prelúdio do Tríduo Pascal – que se inicia propriamente com a Missa vespertina da Ceia do Senhor.

Na “Missa do Crisma” se abençoa o óleo dos catecúmenos e dos enfermos e se consagra o Santo Crisma, daí, ser também chamada “Missa dos santos óleos”.

Renovam-se nela as promessas sacerdotais pronunciadas no dia da ordenação, sendo por isso também chamada Missa da Unidade, “expressando a comunhão diocesana em torno do mistério pascal de Cristo, sendo um momento muito intenso de comunhão eclesial, de participação intensa das comunidades e de valorização dos sacramentos da vida da Igreja”. Dom Luiz Demétrio Valentini.

 

Via Sacra – Quarta-feira Santa

Publicado em 14 de abril de 2015 \\ Galeria > Notícias

Na Quarta feira da Semana Santa, subindo a Colina Sagrada, foi meditada a Via Sacra, momentos em que através da oração se acompanha o Senhor Jesus em seus sofrimentos conhecidos como a paixão de Nosso Senhor, a partir do Tribunal de Pilatos até o Monte Calvário.

Procissão do Encontro em Itajubá

Publicado em 14 de abril de 2015 \\ Galeria > Notícias

Mulher eis aí o teu filho, filho eis aí a tua mãe. (Jo 19,26-27).

Dia 31.03.15, aconteceu a Procissão do Encontro em Itajubá. A imagem de Nossa Senhora das Dores saiu da Matriz São José Operário enquanto a imagem do Senhor dos Passos saia da Matriz São Benedito.

O Encontro aconteceu em frente a Matriz Nossa Senhora da Soledade, onde todos os fiéis foram chamados a uma reflexão para a conversão e à penitência.

Celebração Penitencial

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

Ainda para melhor nos prepararmos para a Páscoa do Senhor, aconteceu nesta segunda feira – 30.03.15 – a Celebração Penitencial. Momento de reconciliação com o Pai!

Domingo de Ramos – 2015

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

A entrada “solene” de Jesus em Jerusalém foi um prelúdio de Suas dores e humilhações

A Semana Santa começa no Domingo de Ramos, porque celebra a entrada de Jesus em Jerusalém montado em um jumentinho – o símbolo da humildade – e aclamado pelo povo simples, que O aplaudia como “Aquele que vem em nome do Senhor”. Esse povo tinha visto Jesus ressuscitar Lázaro de Betânia havia poucos dias e estava maravilhado. Ele tinha a certeza de que este era o Messias anunciado pelos profetas; mas esse mesmo povo tinha se enganado no tipo de Messias que Cristo era. Pensavam que fosse um Messias político, libertador social que fosse arrancar Israel das garras de Roma e devolver-lhe o apogeu dos tempos de Salomão.

Para deixar claro a este povo que Ele não era um Messias temporal e político, um libertador efêmero, mas o grande Libertador do pecado, a raiz de todos os males, então, o Senhor entra na grande cidade, a Jerusalém dos patriarcas e dos reis sagrados, montado em um jumentinho; expressão da pequenez terrena. Ele não é um Rei deste mundo! Dessa forma, o Domingo de Ramos dá o início à Semana Santa, que mistura os gritos de hosanas com os clamores da Paixão de Cristo. O povo acolheu Jesus abanando seus ramos de oliveiras e palmeiras.

Esses ramos significam a vitória: “Hosana ao Filho de Davi: bendito seja o que vem em nome do Senhor, o Rei de Israel; hosana nas alturas”. Os ramos santos nos fazem lembrar que somos batizados, filhos de Deus, membros de Cristo, participantes da Igreja, defensores da fé católica, especialmente nestes tempos difíceis em que esta é desvalorizada e espezinhada. Os ramos sagrados que levamos para nossas casas, após a Missa, lembram-nos de que estamos unidos a Cristo na mesma luta pela salvação do mundo, a luta árdua contra o pecado, um caminho em direção ao Calvário, mas que chegará à Ressurreição.

O sentido da Procissão de Ramos é mostrar essa peregrinação sobre a terra que cada cristão realiza a caminho da vida eterna com Deus. Ela nos recorda que somos apenas peregrinos neste mundo tão passageiro, tão transitório, que se gasta tão rapidamente. E nos mostra que a nossa pátria não é neste mundo, mas sim na eternidade, que aqui nós vivemos apenas em um rápido exílio em demanda da casa do Pai. A Missa do Domingo de Ramos traz a narrativa de São Lucas sobre a Paixão de Nosso Senhor Jesus: Sua angústia mortal no Horto das Oliveiras, o Sangue vertido com o suor, o beijo traiçoeiro de Judas, a prisão, os maus-tratos causados pelas mãos do soldados na casa de Anãs, Caifás; Seu julgamento iníquo diante de Pilatos, depois, diante de Herodes, Sua condenação, o povo a vociferar “crucifica-o, crucifica-o”; as bofetadas, as humilhações, o caminho percorrido até o Calvário, a ajuda do Cirineu, o consolo das santas mulheres, o terrível madeiro da cruz, Seu diálogo com o bom ladrão, Sua morte e sepultura.

A entrada “solene” de Jesus em Jerusalém foi um prelúdio de Suas dores e humilhações. Aquela mesma multidão que O homenageou, motivada por Seus milagres, agora vira as costas a Ele e muitos pedem a Sua morte. Jesus, que conhecia o coração dos homens, não estava iludido. Quanta falsidade há nas atitudes de certas pessoas! Quantas lições nos deixam esse Domingo de Ramos! O Mestre nos ensina, com fatos e exemplos, que o Reino d’Ele, de fato, não é deste mundo. Que Ele não veio para derrubar César e Pilatos, mas veio para derrubar um inimigo muito pior e invisível: o pecado. E para isso é preciso se imolar; aceitar a Paixão, passar pela morte para destruir a morte; perder a vida para ganhá-la. A muitos o Senhor Jesus decepcionou; pensavam que Ele fosse escorraçar Pilatos e reimplantar o reinado de Davi e Salomão em Israel; mas Ele vem montado em um jumentinho frágil e pobre.

Muitos pensam: “Que Messias é este? Que libertador é este? É um farsante! É um enganador merece a cruz por nos ter iludido”. Talvez Judas tenha sido o grande decepcionado. O Domingo de Ramos ensina-nos que a luta de Cristo e da Igreja e, consequentemente, a nossa também, é a luta contra o pecado, a desobediência à Lei sagrada de Deus, que hoje é calcada aos pés até mesmo por muitos cristãos que preferem viver um Cristianismo “light”, adaptado aos seus gostos e interesses e segundo as suas conveniências. Impera, como disse Bento XVI, “a ditadura do relativismo”. O Domingo de Ramos nos ensina que seguir o Cristo é renunciar a nós mesmos, morrer na terra como o grão de trigo para poder dar fruto, enfrentar os dissabores e ofensas por causa do Evangelho do Senhor. Ele nos arranca das comodidades e das facilidades, para nos colocar diante d’Aquele que veio ao mundo para salvar este mundo.

FONTE: formacao.cancaonova.com

5a. Caminhada Penitencial – 2015

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

Quaresma – tempo de oração, jejum e penitência – tempo de olharmos para nós mesmos, avaliar nosas condutas, rever nossa relação com o Pai. Tempo de rever nossas relações com nossos irmãos, praticar a caridade. Tempo de nos prepararmos para a Festa da Páscoa!

O Santuário Nossa Senhora da Agonia convida a todos a viverem esse tempo Quaresmal. Toda sexta feira – às 05:00 horas – Missa com Caminhada Penitencial.

Esperamos por vocês!

Solenidade São José – 2015

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

Segundo o Papa Francisco, a primeira necessidade é que um pai esteja presente na família:

“A primeira necessidade é precisamente esta: que o pai esteja presente na família. Que esteja junto da sua mulher, para partilhar tudo, alegrias e dores, trabalhos e esperanças. E que esteja junto dos seus filhos no seu crescimento: quando jogam e quando se empenham, quando estão sem preocupações e quando estão angustiados, quando se exprimem e quando estão taciturnos, quando ousam e quando têm medo, quando fazem um passo errado e quando reencontram o caminho. Pai presente sempre.

Os pais devem saber ser pacientes. Às vezes, não há outra coisa a fazer que não seja esperar, rezar e esperar com paciência, doçura, magnanimidade, misericórdia. Um bom pai sabe esperar e sabe perdoar.”

São José rogai por nós !!

6a. Via Sacra – 2015

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

Como parte da programação quaresmal, toda sexta feira – 19:30 horas contemplamos a Via Sacra.

Na última sexta feira a Via Sacra foi coordenada pelas Pastorais do Batismo e da Comunicação.

6a. Caminhada Penitencial – 2015

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

No dia 27.03 – sexta feira houve a última Caminhada Penitencial da Quaresma 2015.

Momento de muita reflexão, oração e conversão.

Que saibamos viver plenamente esta Santa Semana que se inicia.

Curso Excelência no Atendimento

Publicado em 31 de março de 2015 \\ Galeria > Notícias

Em parceria com o SENAC ITAJUBÁ aconteceu em nosso Santuário Nossa Senhora D’Agonia a primeira tarde de formação, com a palestra “Excelência no atendimento” para os nossos colaboradores (pastoral da acolhida e movimento dos servitas) com o intuito de capacitarmos cada vez melhor a nossa forma de acolher aqueles que nos procuram.

A palestra foi feito pelo professor Névio do SENAC, a quem agradecemos a competência e dedicação e junto o nosso agradecimento à coordenação do SENAC pela parceria.

“ACOLHER BEM TAMBÉM É EVANGELIZAR”

Página 3 de 912345...Última »